Tutorial Saquinhos de Alfazema

Cá em casa, não há desperdícios. Ao preço que os tecidos estão, todos os pedacinhos valem ouro! costumo guardá-los num saco, para mais tarde usar em bonecos ou, como é o caso de hoje, saquinhos de alfazema.
Vou mostrar-vos como faço os meus. Vejam a fotografia. Inicia-se no canto superior. Para cada número, acompanhem a respectiva legenda. Lavar e passar previamente os tecidos.
  1. Arranjar restos de tecido. 
  2. Cortar quadrados com 10X10cm, com a ajuda do cortador rotativo e da tábua de corte.
  3. Em cima de cada quadrado, desenhar um X que apanhe os bordos do tecido. O final de cada linha tem de bater certo com o canto de cada lado. 
  4. Assinar uns 4 cm para a abertura do tecido.
  5. Começar a coser numa das extremidades do ponto que marcaram que ficará aberto. Dar três ou quatro pontos para trás para prender a linha. Seguir com cuidado.
  6. Quando a agulha enfia no pedaço de tecido onde se encontra a marcação, levantamos o calcador, com a agulha sempre enfiada no tecido, e viramos o tecido para continuar a coser a direito. 
  7. No fim, quando chegarem ao início do buraquito que vão deixar aberto, dão 3 ou 4 pontos para trás, para prender.
  8. Cortar a margem do tecido, deixando meio centímetro até à costura. Cortar os cantos com cuidado.
  9. Enfiar o dedo dentro do buraquito e puxar o tecido do direito, com cuidado.
  10. Com a ajuda de um pauzinho, que pode até ser um de espetada, que é o caso, puxar bem os cantos, para o acabamento ser mais perfeito. Passar a ferro e marcar a bainha que ficou aberta.
  11. Encher o saquinho com alfazema, encher, pressionar bem nos cantos, encher, encher. Não sejam forretas, porque do enchimento resulta o aspecto final da almofadinha.
  12. Quando já tiver bem cheia, enfiam uma agulha e dão um nó numa das pontas da linha. Vamos fechar o buraquito com uns pontinhos à mão.
  13. Aqui uso o chamado ponto invisível, existem vários vídeos na Internet que explicam como fazer este ponto, mas basicamente, enfia-se a agulha num lado do tecido, por baixo, para esconder o fim da linha, de seguida, juntam-se bem os dois tecidos e faz-se um ponto no interior dos dois. Um ponto que apanhe as duas bordas da bainha que está dentro.
  14. Continuamos até ao fim e rematamos.
  15. No fim, do remate, podemos enfiar a agulha dentro do saquinho e deixa-la sair por outro lado. Cortamos o fio rente. A linha não fica visível, já que ficou dentro do saquinho.
  16. E já está!! Lindo, prático, e único.


6 comentários:

Ana Penicheiro disse...

Gostei muito!! venham Mais tutoriais :) Beijinhos

MCM disse...

Adorei!muito Obrigada.bjs

Isabel cardoso disse...

Boa noite,
Qual a razão a razão de algumas pessoas colocarem enchimento e só um pouquinho de alfazema? Ainda não percebi, será para não ter um cheiro muito intenso?
Se puder esclarecer a minha dúvida agradeço :)
Obrigada, beijinho

Rute Gil disse...

Olá Isabel! Penso que apenas poderá ser porque o enchimento é mais barato d que a alfazema :) mas assim, o aroma não perdura, não é?

Isabel Cardoso disse...

Olá, bom dia,
Também achei mas como ainda sou uma aprendiz gostava de saber a opinião de alguem mais "graduado" :)

Muito obrigada
Beijinho

DI ;) disse...

Olá. è usado o enchimento para dar volume á almofada. Não se trata de poupar no cheiro pois o enchimento ajuda a manter a fragrância- se tentarem encher unicamente a almofada apenas com a alfazema, irão reparar que não tem volume e ficará sem graça. beijokas